2ª Mostra Ecofalante em Piracicaba

A 2ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental chega a Piracicaba no mês de outubro, trazendo filmes de diversos países, classificados em sete eixos: água, cidades, contaminação, economia, globalização, mobilização, e povos e lugares. As exibições acontecem no Sesc, na Esalq, na Unimep e no Salão de Humor.

A abertura acontece no dia 01 de outubro às 20h no Anfiteatro de Engenharia da Esalq, com exibição do filme Amargas Sementes, seguida por debate. Produção dos EUA e da Índia de 2011, o filme levanta questões críticas sobre o custo humano da agricultura geneticamente modificada e da apropriação de terras por grandes corporações a partir de narrativa baseada em depoimentos emocionantes de personagens, como o agricultor de algodão Ramkrishna, que luta para manter sua terra no epicentro de uma região tomada por uma crise de suicídios entre fazendeiros.  Ou Manjusha, determinada a superar as tradições da vila de Ramkrishna e se tornar jornalista investigando a questão. A cada 30 minutos um fazendeiro se mata por desespero na Índia por não poder mais suprir as necessidades de sua família.

Cena de "Amargas Sementes"

Cena de “Amargas Sementes”

Dentre os destaques da Mostra na cidade figura Submissão, filme Sueco de 2010, é sobre os 100 mil produtos químicos usados diariamente por nós e o que fazem à nossa saúde, herança do que construímos desde a Segunda Guerra Mundial. Químicos afirmaram durante todo esse tempo que essas substâncias e m pequenas quantidades não fariam mal, entretanto essa premissa se mostrou falsa. O filme desvenda os malefícios que essas substâncias podem causar a nós e às gerações seguintes. Consultando um vasto leque de cientistas, o documentarista Stefan Jarl procura respostas: Que problemas podem causar esses produtos químicos? O que estamos passando para nossos filhos ainda não nascidos? E por que nos submetemos a isso?

Petróleo: o grande vício, produção franco americana de 2011, mostra os bastidores do pior vazamento de petróleo da história, causado pela Deepwater Horizon. Ao expor as causas do vazamento de óleo e o que realmente aconteceu depois que as câmeras de televisão deixaram a região, os cineastas Josh e Rebecca Tickell revelam uma vasta rede de corrupção.

"Petróleo: o grande vício

“Petróleo: o grande vício

Para os pequenos, a Mostra traz dois filmes: A Baleia (uma orca que tenta fazer amizade com pessoas depois de perder sua família) e Animais unidos jamais serão vencidos (animais se unem contra uma barragem e um resort que bloqueiam o abastecimento de água da planície africana).

Outros debates serão promovidos no dia 07/10 na Esalq, após a exibição do filme A Crise Global da Água; no dia 21/10, na Unimep, após a exibição do filme Petróleo, o grande vício; e em 29/10, no encerramento, no Sesc Piracicaba, após a exibição do filme Trashed.

Criada em 2012 com o objetivo de chamar a atenção para questões de meio ambiente, sustentabilidade, cidadania, governança, participação e políticas públicas, a Mostra oferece oportunidade de conferir filmes que reúnem qualidade cinematográfica e análise de questões ambientais, facilitando o acesso a discussões que muitas vezes fazem parte do cotidiano das pessoas sem que elas tenham oportunidade de refletir sobre Em Piracicaba, a Mostra é realizada em parceria com o Sesc, as Secretarias Municipais de Cultura, Meio Ambiente e Educação, a Unimep e a Esalq.

2a Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental – Itinerância é uma realização da ONG Ecofalante e do Sesc, e conta com apresentação da Mondelēz e patrocínio do Instituto Votorantim e White Martins. O projeto é realizado com apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura, Programa de Ação Cultural 2012.

O evento acontece em outubro simultaneamente em 17 cidades do Estado. A programação, gratuita, está disponível no site da Mostra. Para acompanhar de perto os bastidores e outras informações, fique de olho no facebook e no twitter.

Advertisements