Mostra retorna à capital paulista

De 04 a 30 de outubro, a cidade de São Paulo recebe novamente a 2ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental. Sucesso de público, a Mostra retorna agora em 06 unidades do Sesc (Vila Mariana, Belenzinho, Carmo, Ipiranga, Ipiranga, Itaquera e Pinheiros), além de CEUs, escolas e outras instituições, que receberão 13 filmes de diversos países, classificados em sete eixos: água, cidades, contaminação, economia, globalização, mobilização, e povos e lugares.

Criada em 2012 com o objetivo de chamar a atenção para questões de meio ambiente, sustentabilidade, cidadania, governança, participação e políticas públicas, a Mostra oferece oportunidade de assistir filmes que reúnem qualidade cinematográfica e análise de questões ambientais, facilitando o acesso a discussões que muitas vezes fazem parte do cotidiano das pessoas sem que elas tenham oportunidade de refletir sobre isso.

Cena de "Rios Perdidos"

Cena de “Rios Perdidos”

Onde estão os rios nas metrópoles? Quais são as boas iniciativas e caminhos inovadores nas grandes cidades para nos reconectarmos com a natureza? O que fazer com a exposição permanente a produtos químicos a que estamos submetidos? O que a globalização e a facilidade de acesso à informação ocasionam às tradições ancestrais? Por que políticas públicas voltadas a alimentos e energia podem ser tão perigosas ambientalmente e o que podemos fazer a respeito? Como as grandes corporações se apropriam dos recursos naturais? Estas são algumas das questões suscitadas pela Mostra.

Dentre os destaques estão os filmes A Crise Global da Água (que traz ativista Erin Brockovich e especialistas esclarecendo o papel deste recurso natural em nossas vidas e os problemas do sistema atual de abastecimento); A Cidade é uma Só? (reflexão sobre os 50 anos de Brasília, tendo como foco a discussão sobre o processo permanente de exclusão territorial e social de uma parcela da população); Rios Perdidos (a redescoberta dos rios tamponados por grandes avenidas e a busca da reconexão com esses cursos d’água que viraram sinônimo de esgoto nas cidades); A Fé nos Orgânicos (soluções inspiradoras para a saúde e para os problemas ambientais); Petróleo: o grande vício (bastidores do vazamento de petróleo causado pela Deepwater Horizon em 2010, considerado o pior da história).

"Fé nos orgânicos"

“Fé nos orgânicos”

Dois filmes infantis completam a programação: A Baleia (uma orca que tenta fazer amizade com pessoas depois de perder sua família) e Animais unidos jamais serão vencidos (animais se unem contra uma barragem e um resort que bloqueiam o abastecimento de água da planície africana).

2a Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental – Itinerância é uma realização da ONG Ecofalante e do Sesc, e conta com apresentação da Mondelēz e patrocínio do Instituto Votorantim e White Martins. O projeto é realizado com apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura, Programa de Ação Cultural 2012. Além da capital, a Mostra chega a 17 cidades no Estado, dentre as quais Santos, Piracicaba e Bauru.

A programação está disponível no site da Mostra. Acompanhe também o facebook e o twitter.

Advertisements