Itinerância abre em Santos com “A Síndrome de Veneza”

Uma cidade em que os melhores imóveis pertencem a turistas e ficam vazios a maior parte do ano; a especulação força moradores a se mudarem para a periferia ou até a deixarem a cidade; a vida urbana se volta quase que completamente para o atendimento a turistas, que chegam em cruzeiros gigantescos e inflam as ruas durante o dia.

Um cruzeiro avança pela cidade. Cena de "A Sídrome de Veneza".

Um cruzeiro avança pela cidade. Cena de “A Sídrome de Veneza”.

Este é o cenário atual de Veneza, captado por Andreas Pichler no documentário “A Síndrome de Veneza”. O filme foi escolhido para estrear a Itinerância da 3ª Mostra de Cinema Ambiental em Santos, no dia 4 de novembro, em sessão especial no Teatro do Sesc Santos, às 20h. Outros títulos compõem a curadoria pensada para as cidades litorâneas, como o “Guerra de Areia”, de Denis Delestrac, que revela o surpreendente cenário do contrabando de areia – o segundo recurso natural mais consumido no planeta, depois da água.

Serão mais de 100 exibições na cidade, entre sessões fechadas e abertas, de filmes que abordam questões contemporâneas e socioambientais. Dentre os temas abordados estão a retomada das cidades como ambientes aconchegantes e sociais em “A Escala Humana”; o conflito ético no uso de animais na indústria do entrenimento em “Blackfish – Fúria Animal”; “A Crise Global da Água”, sobre um dos maiores problemas encarados pela humanidade hoje; a vida numa das regiões mais radioativas do planeta, documentada pelo “Metamorphosen”; o uso exagerado de agrotóxicos na produção da nossa comida, em “Deserto Verde”; e a exploração da maior floresta tropical do mundo através de “Amazônia Desconhecida”.

Educação, cinema e meio ambiente

Preparando a chegada da Mostra, a Ecofalante promoveu, nos dias 30 de setembro e 1º de outubro, oficinas de formação para cerca de 100 professores e coordenadores de Santos e Cubatão. As atividades tiveram como base o filme “Trashed – Para onde vai o nosso lixo?”, que traça um panorama assustador da forma como lidamos com o lixo no mundo.

“Ele foi escolhido pois, junto com a água, é o tema mais importante no momento, quando se discute a política nacional de resíduos sólidos”, explica Chico Guariba, diretor da Mostra. “Os professores são preparados para trabalhar com a linguagem cinematográfica. Sendo assim, quando os estudantes forem assistir aos filmes, o conteúdo já estará presente e eles terão mais elementos para se aprofundar nas questões retratadas”, completa.

Assim, foram firmadas parcerias com escolas da baixada santista para realização de sessões fechadas em que serão exibidos, além do Trashed, os dois filmes infantis da itinerância, “Zarafa” e “Animais Unidos Jamais Serão Vencidos”, alcançando aproximadamente 7 mil alunos das redes municipais de Santos e Cubatão.

Nas instituições de ensino superior, além da exibição de filmes, haverá debates sobre os filmes com participação de diversos docentes e especialistas em cinema, sustentabilidade e urbanismo.

As exibições ocorrerão em pontos estratégicos de Santos, criando uma rede abrangente e de fácil acesso. São estes: Cine Roxy, Cine Zn – Toninho Dantas, Colégio Liceu Santista, Instituto Arte no Dique, Museu da Imagem e do Som de Santos, Senac, Sesc, Unifesp – Unidade II Ponta da Praia, Unimonte – Unidade Vila Mathias, Unisanta, Unisantos – Campi Boqueirão e Dom Ilídio José Soares.

Programação completa no site www.ecofalante.org.br/mostra/programacao.

Confira o programa de debates:

Cine Roxy Santos:

Dia Horário Filme Debatedor Sessão
05/11 (4ª feira) 19h30 A Escala Humana Dr. Marcos Reigota e Dra. Maria Lucia Barciotte Aberta

Marcos Reigota: Membro honorário da Academia Nacional de Educação Ambiental do México. Foi coordenador do GE Educação Ambiental da Anped, organizador do “Simpósio Fundamentos da Educacão Ambiental,” no Consejo Europeo de Investigaciones Sociales de América Latina (Bruxelas) e coordenador do GT “Ecologias outras” da Abrapso.

Maria Lucia: Bióloga e doutora em Saúde Pública e Ambiental. Pesquisadora do NUPENS/USP.

Unifesp:

Dia Horário Filme Debatedor Sessão
06/11 (5ª feira) 09h00 Trashed Prof Camilo D.S. Pereira e Prof Rodolfo E. Schachetti // Dal Marcondes Aberta

Camilo Pereira: Professor e pesquisador do Centro de Ciências do Mar e Meio Ambiente, Baixada Santista (Unifesp).

Rodolfo Schachetti: Professor na Unifesp e especializado nas áreas de sociologia contemporânea, sobretudo nos temas envolvendo tecnologia, ambiente e estética.

Dal Marcondes: Jornalista e crítico de cinema.

Unimonte:

Dia Horário Filme Debatedor Sessão
06/11 (5ª feira) 19h30 Trashed Gabriel Monteiro // Gina Rizpah Besen Aberta
07/11 (6ª feira) 19h30 A Fé nos Orgânicos Paulo Marco de Campos Gonçalves e Breno Tadeu Aberta
10/11 (2ª feira) 19h30 Blackfish Paula Ippolito Aberta

Paulo Marco: Responsável pela Feira de Orgânicos do Jardim Botânico de Santos (Secretaria Municipal do Meio Ambiente);

Breno Tadeu: Presidente da AAOVALE (Associação de Agricultores Orgânicos do Vale do Ribeira);

Paula Ippolito: Aquário de São Paulo;

Gabriel Monteiro: Associação Brasileira do Lixo Marinho.

Gina Rizpah Besen: Pesquisadora no Instituto de Energia e Ambiente (IEE/USP), especializada na gestão de resíduos sólidos.

Unisanta – Universidade Santa Cecília:

Dia Horário Filme Debatedor Sessão
05/11 (4ª feira) 19h00 Blackfish Prof. Dr. Fábio Giordano Aberta
06/11 (5ª feira) 19h30 Trashed Prof. Me. Fernando Cortez // Dal Marcondes Aberta

Unisantos – Universidade Católica de Santos:

Campus Dom Ilídio

Dia Horário Filme Debatedor Sessão
05/11 (4ª feira) 19h00 A Crise Global da Água Prof. Dr. Cleber Ferrão Corrêa e Profa. Dra. Adriana Florentino de Souza // Gabriela Yamaguchi Aberta
06/11 (5ª feira) 19h00 A Crise Global da Água Prof. Me. Marcelo di Renzo e Prof. Me. Fábio Cardoso Maimone Aberta
11/11 (3ª feira) 19h00 A Crise Global da Água Profa. Dra. Kátia MAria Gomes Machado e Profa. Me. Maria Fernanda Britto Neves Aberta

Unisantos – Universidade Católica de Santos:

Campus Boqueirão

Dia Horário Filme Debatedor Sessão
06/11 (5ª feira) 19h00 Deserto Verde Profa. Dra. Verônica Altef Barros e Profa. Dra. Renata Bonavides Aberta
07/11 (6ª feira) 19h00 A Escala Humana Prof. Dr. Cleber Ferrão Corrêa e Prof. Dr. Cesar Bargo Perez Aberta

Adriana Florentino: Professora da UniSantos nos Cursos de Ciências Biológicas, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Petróleo, Engenharia de Produção e Química Tecnológica. Diretora do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas (IPECI)

Cleber Ferrão: Diretor do Centro de Ciências Exatas, Arquitetura e Engenharia da UniSantos e Avaliador de Cursos Superiores do INEP – MEC. Também Coordenador Institucional do Programa Pibid – Capes e líder do grupo de pesquisa LABSUS (Laboratório de Sustentabilidade).

Cesar Bargo: Leciona nos cursos de Publicidade, Jornalismo, Arquitetura, Tradução e Relações Públicas da UniSantos, onde além da coordenação do Departamento de Produção Audiovisual, dirige o Grupo de Teatro da universidade – GEXTUS e é parte da equipe de pesquisa do Laboratório de Sustentabilidade.

Renata Soares: Diretora da Faculdade de Direito da UniSantos, onde leciona Direito Penal.

Verônica Altef: Professora nos cursos de Direito, Administração de Empresas, Ciências Contábeis, Secretariado Executivo e em Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Trabalho, e na pós-graduação em Direito e em Gestão de Pessoas.

Gabriela Yamaguchi: Jornalista gerente de comunicação do Instituto Akatu. Já trabalhou na Editora Abril, Superinteressante, Viagem e Turismo e Arquitetura & Construção e outros. Coordenou por quatro anos o Desafio National Geographic – Viagem do Conhecimento e foi gerente de comunicação do movimento Planeta Sustentável.

Advertisements