Grande São Paulo recebe Itinerância 2015

Unidades do Sesc em São Caetano e Santo André exibirão nove filmes da 4ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental em setembro

De 12 a 24 de setembro, as cidades de Santo André e São Caetano recebem a Itinerância 2015 da Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental, uma correalização com o Sesc-SP. Serão exibidos nove filmes sobre temas como mudanças climáticas, consumo, cidades, biodiversidade, dentre outros.

As sessões acontecem nas unidades do Sesc nas duas cidades e também na SEMASA e no Cine Murão (em Santo André) e na Estação Jovem, no Cine Eldorado e no Espaço Verde Chico Mendes (em São Caetano). Além dos filmes, todas as unidades do Sesc participantes da Itinerância promoverão atividades correlatas, ampliando a experiência e a reflexão do público sobre temas socioambientais. No Sesc Santo André, os filmes serão debatidos por professores universitários, representantes de movimentos sociais e integrantes do SEMASA, todos especialistas nos temas abordados. Em São Caetano, o Sesc promoverá atividades externas além dos debates, como um passeio em espaços que sofreram com a intervenção humana e hoje estão em processo de revitalização, uma trilha sensorial e uma oficina de bomba de sementes.

Dentre os filmes sobre biodiversidade exibidos estão Era uma vez uma floresta (França, 2013), que fornece uma completa imersão sensorial convocando o público a entrar, descobrir e se maravilhar com uma floresta tropical crescendo diante de seus olhos; e O Semeador (Canadá, 2013), que mostra um artista preservando raros e esquecidos cultivares com objetivo de criação de ‘heranças do futuro’, transformado seus pequenos armazéns de sementes em milhares de horas ao redor do mundo.

Favelas: As Cidades do Amanhã observa, por meio de uma perspectiva sociológica e filosófica, estruturas construídas em uma escala humana e proporciona um olhar íntimo em seus habitantes, e leva o público a uma viagem pelos continentes: Mumbai, Índia (onde se localiza a maior favela da Ásia); Rabat, Marrocos (no que antes foi uma fértil área agrícola); uma ocupação em Lakewood, New Jersey; Marselha, França (um bairro de trailers) e a uma comunidade nativa em Kitcisakik, em Quebec, Canadá.

Dois filmes sobre consumo serão exibidos: A Tragédia do Lixo Eletrônico (EUA, 2014), que nos leva a uma viagem investigativa pela Europa, China, África e EUA e revela um comércio global tóxico desencadeado pelo descarte ilegal de lixo eletrônico (75% do lixo eletrônico gerado pelo chamado mundo desenvolvido desaparece do circuito de reciclagem, sendo em grande parte jogado fora ilegalmente no Terceiro Mundo); e O Experimento Humano (EUA, 2013), que é produzido e narrado por Sean Penn e conta histórias de pessoas que acreditam que suas vidas foram afetadas por produtos químicos e revela que milhares de produtos químicos não testados estão em nosso produtos de uso diário, em nossas casas e dentro de nós.

O filme Felicidade (França/Finlândia, 2013) ilumina o momento complexo no qual um modo de vida tradicional se desvanece na sedução da tecnologia ao mostrar a história de Peyangki, um garoto monge que vive em Laya, vila butanesa nos Himalaias, que assiste à chegada de cabos elétricos e estradas à sua vila.

H2Omx (México, 2013) propõe uma questão: pode uma megacidade mobilizar seus 22 milhões de cidadãos para tornar seu consumo de água sustentável? A Cidade do México foi construída no meio de um lago, e para abastecê-la de água fresca torna-se necessário trazer o recurso de outros estados. O filme é um caso de estudo ambiental do Vale do México em sua luta para salvar a si mesmo enquanto sua população cresce.

A inversão do curso de um dos principais rios na China e o ativismo pela destruição de barragens nos Estados Unidos são os temas dos filmes De Sul a Norte e Malditas Barragens, respectivamente. São filmes que questionam as intervenções humanas no planeta em prol do progresso.

Completa a programação o filme brasileiro O Veneno Está na Mesa 2 (2014) enfoca a existência de alternativas viáveis de produção de alimentos saudáveis, que respeitam a natureza, os trabalhadores rurais e os consumidores.

A Itinerância 2015 da Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental é uma realização da Ecofalante e do Sesc São Paulo, com apoio da White Martins e do Reciclo Pepsico e apoio institucional do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), Le Monde Diplomatique Brasil, Instituto Envolverde, Catraca Livre, Rádio Eldorado, Rádio Estadão, Revista Piauí, Procam/USP, Instituto Akatu, Rede Nossa São Paulo, Instituto Pólis, ProAC e Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

Programação completa nos sites ecofalante.org.br/mostra e sescsp.org.br/ecofalante.

Advertisements