Definido júri da Competição Latino-Americana da 5ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental

Os três jurados da Competição Latino-Americana da Mostra deste ano já estão definidos: o cineasta Jorge Bodanzky; Beth Sá Freire – Diretora-Adjunta do Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo, desde 2001, Curadora Internacional e representante da Semana da Crítica de Cannes e do Festival de Curtas Metragens de Oberhausen, na Alemanha, e Solange Alboreda – Doutoranda em Comunicação e Semiótica pela PUC SP e responsável pelo Espaço de Tecnologias e Artes e programação de Cinema no Sesc Santos.

Beth_Paris (2)-horz

Beth Sá Freire, Solange Alboreda e Jorge Bodanzky

Participam da competição 22 filmes de dez países, seis longas e 16 curtas. Com recorde de 225 inscrições vindas de 14 países, a Competição Latino-americana da Mostra Ecofalante se consolida como um dos principais programas do maior festival ambiental do Brasil.

Os filmes concorrem nas categorias de Melhor Longa-Metragem Pelo Júri (filmes a partir de 60 minutos), Melhor Curta-Metragem Pelo Júri (filmes de até 59 minutos) e Melhor Filme Pelo Público.

Já foram premiados pela Mostra Ecofalante os filmes “Brasil S/A” (Brasil), longa de Marcelo Pedroso; o curta “Balada para Satã” (Argentina), de Antonio Balseiro e Carlos Balseiro; “A Lei da Água” (Brasil), produção de André D’Elia; “Deserto Verde” (Argentina), de Ulisses de la Ordem; e “Amazônia Desconhecida” (Brasil), de Daniel Augusto e Eduardo Rajabally.

A 5ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental acontece de 28 de abril a 08 de maio em salas de cinema da cidade de São Paulo. É uma realização da ONG Ecofalante, possível graças ao Programa de Apoio à Cultura (ProAC) do Governo do Estado de São Paulo, com patrocínio da White Martins e da Reciclo Pepsico e correalização da Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo e pela Spcine, a Mostra tem apoio institucional do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), Embaixada da França no Brasil, Institut Français, La Cinémathéque Française, Le Monde Diplomatique Brasil, Escola do Parlamento da Câmara Municipal de São Paulo, Observatório do Clima, SOS Mata Atlântica, Greenpeace, Instituto Socioambiental (ISA), Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS), Instituto Akatu, Instituto de Energia e Ambiente (IEE)/USP, Rede Nossa São Paulo, Instituto Envolverde, Catraca Livre, Rádio Eldorado e Heritage Comfort Inn.

Seleção oficial:

Longas

Aislados (2015 | Colômbia | 73′) Marcela Lizcano

Desculpe Pelo Transtorno (2015 | Brasil |79′) Todd Southgate

Jaci (2014 | Brasil | 102′) Direção: Ana Aranha

Lo que Lleva el Rio (2014 | Venezuela | 104′) Mario Crespo

Seca (2015 | Brasil | 88′) Maria Augusta Ramos

Sunu (2015 | México | 80′) Teresa Camou Guerrero

Curtas

Agricultura Tamanho Família (2014 | Brasil | 59′) Silvio Tendler

Ameaçados (2014 | Brasil | 22′) Direção: Julia Mariano

Castillo y el Armado (2014 | Brasil | 13′) Pedro Harres

Chatarra (2015 | Uruguai | 5′) Walter Tournier

De Vuelta a Paoyhán (2014 | Peru | 6′) Lucia Florez

Extremos (2015 | Argentina | 27′) Federico Molentino y Juan Manuel Ferraro

Feito Torto pra Ficar Direito (2015 | Brasil | 53′) Bhig Villas Bôas

Fuera de Campo (2014 | Paraguai | 50′) Hugo Giménez

Índios no Poder (2015 | Brasil | 20′) Rodrigo Arajeju

Ninguém Nasce no Paraíso (2015 | Brasil | 25′) Alan Schvarsberg

No Jile (2014 | Venezuela | 10′) Carolina Dávila

O Homem do Saco (2015 | Brasil | 58′)  Carol Wachockier, Felipe Kfouri e Rafael Halpern

Quinuera (2014| Bolívia | 53′) Ariel Soto

Tierra en Movimiento / Unstable Land (2014 | Chile | 36′) Tiziana Panizza

Verde Sobre Negro (2014 | Argentina | 10′) Laura Mastantuono

Volume Vivo – A Água de Dentro (2015 | Brasil | 30′) Caio Silva Ferraz

Advertisements