CURTA ECOFALANTE TEM INSCRIÇÕES ABERTAS PARA ESTUDANTES ATÉ 10 DE MARÇO

Podem participar da seleção filmes universitários e de ensino médio

Estão abertas as inscrições para o Curta Ecofalante, concurso que premia produções de estudantes universitários, de cursos técnicos e de ensino médio. Os curtas selecionados serão exibidos na primeira quinzena de junho em cinemas e espaços culturais da cidade de São Paulo, na 6ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental. A premiação tem três categorias:

Melhor Curta Ecofalante – Ensino Médio

Melhor Curta Ecofalante – Ensino Técnico e Universitário
com prêmio de R$ 3.000,00

Melhor Filme – JURI POPULAR

Os filmes devem ter sido finalizados a partir de 2015, ter até 15 minutos de duração e tratar de temas socioambientais, tais como:

  • água
  • alimentação
  • consumo
  • contaminação
  • energia
  • habitação
  • mobilidade
  • poluição
  • sustentabilidade
  • povos & lugares
  • ativismo ambiental
  • resíduos sólidos
  • áreas verdes
  • áreas urbanas
  • economia verde
  • globalização
  • vida selvagem
  • políticas públicas socioambientais

O período de inscrições

As inscrições podem ser feitas até 10 de março de 2017 pelo site www.ecofalante.org.br/mostra. Todos os filmes inscritos serão analisados pela comissão de seleção da mostra. Os critérios de seleção terão como base as qualidades artísticas, técnicas e a relevância temática da obra. Filmes que não cumprirem com o regulamento do concurso, disponível no mesmo site, não serão considerados.

A Seleção Oficial do Curta Ecofalante será divulgada no site e redes do festival em maio de 2017.

Histórico

O Curta Ecofalante foi lançado em 2016 com o objetivo de incentivar a produção audiovisual nas escolas e universidades brasileiras. “É uma continuidade do trabalho da Mostra de estimular a produção nacional compromissada com as questões da sustentabilidade. Jovens em formação, ávidos por informação de qualidade e produtos culturais interessantes, podem trazer novos olhares para a conversa, juntando arte com as preocupações ambientais”, declara Chico Guariba, diretor da Ecofalante.

Foram premiadas no 1º Curta Ecofalante as obras “Verde Chorume”, de Roberta Bonoldi (12’ | 2015 | Fundação Armando Álvares Penteado) e “Travessia, Muita Vida Após a Balsa” (14’ | 2015 | Centro de Audiovisual de São Bernardo do Campo).

Para os estudantes, a exibição na Mostra Ecofalante foi uma oportunidade rara de exibir trabalhos que não têm espaço no circuito comercial de cinema. “Acho que a Mostra Ecofalante tem esse diferencial de divulgar bem e fazer o pessoal vir assistir. A sala estava lotada na premiação, foi sensacional”, contou Roberta, diretora do curta Verde Chorume.

A premiação do concurso foi feita no encerramento da 5ª Mostra Ecofalante, no Cine Caixas Belas Artes.  Na mesma noite foi realizada a premiação da Competição Latino-Americana, já consagrado programa do festival, e também a homenagem ao Dr. Paulo Nogueira-Neto, principal nome do ambientalismo no Brasil.

Sobre a Mostra
Todo ano, a Mostra Ecofalante seleciona os melhores filmes nacionais e internacionais que tratam de questões contemporâneas e provocam reflexão sobre a relação do ser humano com o meio ambiente. Desde sua primeira edição, em 2012, exibiu mais de 330 filmes e promoveu centenas de debates, reunindo público superior a 120 mil pessoas. É o maior festival de cinema com recorte ambiental do Brasil.

Acompanhe a Mostra:

facebook.com/mostraecofalante | mostraecofalante.wordpress.com

Advertisements