Mostra Ecofalante começa em maio uma programação especial nos CEUs

Durante o mês de maio, filmes da Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental serão exibidos nas 15 salas que o Circuito Spcine mantém nos CEUs (Centros Educacionais Unificados). A primeira sessão será nesta quinta-feira, dia 4, às 15h30. A entrada é gratuita.

As salas do Circuito Spcine que recebem a programação estão nas seguintes unidades dos CEUs: Aricanduva, Butantã, Caminho do Mar, Feitiço da Vila, Jaçanã, Jambeiro, Meninos, Parque Veredas, Paz, Perus, Quinta do Sol, São Rafael, Três Lagos, Vila Atlântica e Vila do Sol.

Chico Guariba, diretor da Ecofalante, comenta o valor dessas sessões. “Consideramos isso um aquecimento para a Mostra Ecofalante, que cumpre o importante trabalho de formação de público fora do centro expandido de São Paulo. Converge ainda para o propósito do festival, que é levar informações de qualidade para que a sociedade possa debater os temas socioambientais”, declara.

Para as crianças, será exibida a animação “Animais Unidos Jamais Serão Vencidos”, sobre a união improvável de animais selvagens contra a construção de uma barragem na savana africana.

Na sessão para jovens e adultos, o filme será “Efeito Reciclagem”, documentário que retrata a vida do carismático Claudinês Alvarenga, coletor de materiais recicláveis na cidade de São Paulo.

A 6ª Mostra Ecofalante também entrará em cartaz no Circuito Spcine, com programação inédita de filmes. Em breve mais informações.

Confira abaixo a programação que vale para as 15 salas do Circuito nos CEUs:

Quinta-feira, 4 de maio
15h30 – Animais Unidos Jamais Serão Vencidos

Domingo, 7 de maio
14 horas – Animais Unidos Jamais Serão Vencidos

Quarta-feita, 10 de maio
15h30 – Animais Unidos Jamais Serão Vencidos
19h30 – Efeito Reciclagem

Para mais informações, visite o site www.circuitospcine.com.br.

A 6ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental é uma realização da ONG Ecofalante, do Ministério da Cultura, do Governo Federal e da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo. É uma correalização da SPCine e da Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo. Tem patrocínio da Sabesp e da Pepsico, com apoio da Goodyear, White Martins, Guarani – Mais que açúcar e do Instituto Clima e Sociedade. É possível graças à Lei de Incentivo à Cultura e ao Programa de Apoio à Cultura (ProAC).

Advertisements