Mostra Escola começa com exibição de filme premiado na Ecofalante

Começaram nesta segunda, 08/05, as sessões da Mostra Escola da Ecofalante, que se estenderão até o fim do mês. Semelhante ao Circuito Universitário, a Mostra Escola exibe filmes selecionados pela Ecofalante como ferramenta para a educação socioambiental.

O primeiro exibido foi “Jaci: Sete Pecados de Uma Obra Amazônica”, em três sessões no Colégio Santa Cruz, da capital de São Paulo. O filme ganhou o prêmio de melhor longa na Competição Latina da 5ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental, em 2016. A equipe da produtora Repórter Brasil acompanhou durante quatro anos a construção da hidrelétrica de Jirau, em Rondônia, para mostrar as transformações causadas pela chegada de 20 mil trabalhadores a essa região da Amazônia.

Estão programadas também exibições de Auto-Fitness, curta de animação sobre a mecanização e aceleração da vida contemporânea, e (R)evoluções Invisíveis, documentário francês que mostra justamente o contrário: alternativas e projetos que tentam desacelerar a sociedade imediatista.

Além do Santa Cruz, outros colégios paulistanos receberão sessões da Mostra, entre eles o Oswald de Andrade e a Escola Móbile. As sessões da Mostra Escola são fechadas para os alunos de cada instituição.

A 6ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental será realizada de 1 a 14 de junho em mais de 20 salas de cinema em São Paulo. Acompanhe as notícias da Mostra Escola e da Mostra Ecofalante:

A 6ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental é uma realização da ONG Ecofalante, do Ministério da Cultura, do Governo Federal e da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo. É uma correalização da SPCine e da Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo. Tem patrocínio da Sabesp e da Pepsico, com apoio da Goodyear, White Martins, Guarani – Mais que açúcar e do Instituto Clima e Sociedade. É possível graças à Lei de Incentivo à Cultura e ao Programa de Apoio à Cultura (ProAC).
Advertisements