Um domingo de cinema na Mostra Ecofalante

“Alimentação & Gastronomia” é o tema do debate com chefs e críticos.

Parece inusitado? Mas é sério e importante saber mais sobre o que comemos e qual o processo de produção dos alimentos. O debate deste domingo na 6ª Mostra Ecofalante será sobre a questão da alimentação, sem fugir ao aspecto prazeroso da gastronomia. Durante a tarde e a noite, quatro sessões no Cine Reserva Cultural vão deixar a chapa quente para o debate das 20h30.

Oferecemos aqui um cardápio variado para quem está interessado em aproveitar o domingo para se informar, curtir e melhor compreender os problemas contemporâneos – e conhecer as soluções viáveis que já são aplicadas em várias partes do mundo.

Todas as informações sobre os filmes, salas, datas e horários podem ser facilmente conferidas na página www.ecofalante.org.br/mostra.

 GASTRONOMIA EM DEBATE

É no Cine Reserva Cultural, Av. Paulista, 900, que temos sessões da Mostra Contemporânea Internacional e os debates relacionados aos eixos temáticos em que está dividido esse programa.

  • O Dilema da Carne é o tema que vai ser analisado a partir de 20h30 pelos especialistas Roberto Smeraldi, crítico do Estadão, a chef Bel Coelho e a blogueira Francine Lima, com mediação do jornalista Denis Russo Burgierman. Antes do debate, vale a pena ver às 19h Desejo de Carne, documentário bem humorado no qual a apresentadora da TV holandesa e diretora do filme Marijn Frank explora o dilema entre o amor pela carne e os argumentos racionais contra os produtos da indústria de carne.
  • Mais três filmes do mesmo eixo temático serão exibidos no Reserva Cultural nas sessões da tarde. Às 15h tem Os Libertadores, e às 17h, Batalha Inuk; e depois do debate, às 22h, Insetos! Uma Aventura Gastronômica, que acompanha uma equipe de jovens chefes e pesquisadores em viagem pelo mundo para entender esse hábito com alguns dos dois bilhões de pessoas que já comem insetos.

HOMENAGEM, AMAZÔNIA E LATINOS

Martírio relata a insurgência pacífica e obstinada dos despossuídos Guarani Kaiowá frente ao poderoso aparato do agronegócio. É o filme que o tradicional Cine Caixa Belas Artes exibe às 15h30, dentro da Homenagem a Vincent Carelli que a Ecofalante presta este ano. Mais três salas exibem domingo obras de Carell: Corumbiara é a atração das 18h30 na sala Cidade Tiradentes e às 18h na sala Roberto Santos do Circuito Spcine. Quatro curtas dele estão na sessão das 14h no Circuito Spcine Olido.

Prossegue no Caixa Belas Artes também o Panorama Histórico A Amazônia no Imaginário Cinematográfico Brasileiro, com a exibição às 22h10 do precursor Fronteira das Almas, que há 30 anos antecipou o agravamento da questão fundiária iniciada com a política de ocupação promovida pela ditadura militar. Também no Belas, nas sessões das 14h, 18h30 e 20h10 dá pra conferir – e votar – nos curtas e longas de grande qualidade da Competição Latino-Americana selecionados pela Curadoria da Ecofalante. Dá pra votar também na sessão das 18h na sala Lima Barreto do Circuito Spcine Centro Cultural São Paulo.

 

MOSTRA CONTEMPORÂNEA INTERNACIONAL

Além dos filmes do eixo temático “Alimentação & Gastronomia”, outros cinco serão exibidos domingo;

  • É Hora de Decidir, do mesmo diretor de “Trabalho Interno”, tem sessão às 16h no Circuito Spcine Olido. Apresenta informações e análises que possibilitam ao público compreender não só o que estamos fazendo de errado, mas também o que pode ser feito para reduzir os danos da ameaça global das Mudanças Climáticas, eixo temático em que está inserido.
  • Anuktatop: A Metamorfose é a atração das 18h no mesmo Circuito Spcine Olido. A produção tem como protagonista uma criança da tribo Wayana que sonha com guerreiros mitológicos e vive entre o sonho e a realidade, enquanto sua etnia passa por uma crise cultural, social e de identidade. Integra o eixo temático Povos & Lugares.
  • E às 20h, na mesma sala, programa duplo do eixo temático Cidades: o curta Champ des Possibles (13 min) e o longa Frágil Equilíbrio, que narra três histórias de risco à sobrevivência humana em diferentes continentes, tendo comentários de Pepe Mujica, ex-presidente do Uruguai, questionando os valors do mundo em que vivemos. O filme foi vencedor do Prêmio Goya 2017 para melhor documentário espanhol.

A programação completa, incluindo outras salas em www.ecofalante.org.br/mostra.

A 6ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental é uma realização da ONG Ecofalante, do Ministério da Cultura, do Governo Federal e da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo. É uma correalização da Spcine e da Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo. Tem patrocínio da Sabesp e da Pepsico, com apoio da Goodyear, White Martins, Guarani – Mais que açúcar e do Instituto Clima e Sociedade. É possível graças à Lei de Incentivo à Cultura e ao Programa de Apoio à Cultura (ProAC).

O evento conta com o apoio institucional da Carbon Disclosure Program – CDP, Catraca Livre, Centro Brasil no Clima, ClimaInfo, Conexão Planeta, eCycle, Engajamundo, Fábricas de Cultura – Poiésis e Catavento, Governos Locais pela Sustentabilidade – ICLEI, GreenMe, Grupo de Institutos e Fundações de Empresas – GIFE, Horizonte Educação e Comunicação, Instituto Akatu, Instituto de Energia e Ambiente – IEE/USP, Instituto Democracia e Sustentabilidade – IDS, Instituto Envolverde, Instituto Socioambiental – ISA, Le Monde Diplomatique Brasil,  Observatório do Clima, Rede Nossa São Paulo, Revista Piauí, SOS Mata Atlântica, Uma Gota no Oceano, Videocamp, Viração Comunicação.

Advertisements