Ecofalante estará em encontro de mostras de cinema ambiental da América Latina

Acontece nos dias 25 e 26 de agosto de 2017 o encontro “O Meio é o Todo”, sobre cinema e meio ambiente. Promovido pelo Sesc Santos, irá reunir organizadores de diversos festivais de cinema ambiental do Brasil e outros nove países latino-americanos. A Ecofalante será representada pelo diretor da ONG, Chico Guariba.

A ideia surgiu após um mapeamento feito por Solange Alboreda, cineasta que está coordenando o evento, e identificou mostras e festivais que exibem filmes sobre responsabilidade social, consumo, energia, água, lixo, questões indígenas, mudanças climáticas, entre outros. “Comecei estudando a recepção que os filmes tinham, a fim de entender como o público se sentia atraído por esse tipo de mostra. Imaginava que só existissem dois ou três festivais com essa temática, mas rapidamente descobri que havia muito mais, centenas só no Brasil”, conta Solange.

Entrando em contato com essas mostras para fazer o levantamento, Solange percebeu que havia uma enorme demanda dos realizadores por se conhecer, e organizou o encontro. A expectativa é que eles compartilhem com outros festivais como se organizam, suas formas de financiamento, os critérios para a curadoria dos filmes, entre outros conhecimentos.

Guariba considera esse tipo de ação muito importante, por promover a integração e troca de experiências. “Fazemos um trabalho difícil, e essa troca pode gerar uma futura cooperação entre os festivais de cinema ambiental na América Latina”, diz.

Além da Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental devem estar presentes o Festival Internacional Pachamama, de Rio Branco, o Cine.Ema, da cidade de Burarama, o Cinema dos Sertões, no Piauí, o Filmambiente, do Rio de Janeiro, o Cine Kurumin, que acontece em Salvador e na aldeia Tupinambá de Serra do Padeiro, e outros.

Advertisements